Enfrentando seus medos!



"Coragem. Bravo não é aquele que tem medo, mas quem vence esse medo." - Nelson Mandela 





Coragem, o bravo não é quem sente medo, mas quem vence esse medo.
Nelson Mandela 

Muitas vezes temos medo de alguma coisa ou alguma pessoa. 
Trememos quando a vemos ou quando tentamos enfrentá-la. Isso não deveria ocorrer. Deveríamos enfrentar tudo numa boa.

Sempre tive meus medos. Alguns traumas de infância, outros recentes. Porém, decidi, voluntariamente, enfrentar cada um. 
Primeiramente, comecei a conviver cada dia mais com aquilo que tinha medo. Quando convivemos com o tal medo, o "tremer na base" cai.
Colocamos nossas opiniões e tentamos jogar limpo com aquele medo. Cara a cara, dente a dente, olho a olho. Depois de pouco tempo, o medo simplesmente some. Não vemos mais problema em ficar perto daquela pessoa, falar alguma coisa que ela não entenda, ou até mesmo olhá-la. Fazemos indagações sobre o mundo e sobre as coisas sem o menor problema. E não é que ficamos felizes com isso?

Se o medo for de falar a verdade... Devemos sempre contar a verdade. Sabemos disso. Então vamos lá. Usaremos o forma mais delicada de falar a verdade e sejamos sinceros, principalmente, em relacionamentos. Lembre-se: o seu principal relacionamento é consigo mesmo. Reflita sempre sobre seu medo. As vezes, livrar-se dele será a melhor forma de ser feliz no futuro. Se para isso, você precise terminar um namoro, converse com a pessoa, seja franco, fale cara a cara e com muita sinceridade. Mostre o que te incomoda. Talvez terminar o relacionamento e falar com a pessoa seja a melhor forma para que nem você e nem a outra pessoa saiam machucados! 

Se temos medo de alguma coisa, não de alguém, façamos desse medo uma experiência agradável. Sente em uma cadeira e olhe o "problema". Ouça uma música. Enfrentando devagar. Não podemos ser exagerados e enfrentar tudo de uma vez! Assim também só piora a situação.
Procure ir devagar. Não seja rude consigo mesmo, nem mesmo por um segundo! 
Tentemos ser otimistas, mas não demais para não prejudicarmos a nossa mente. Sejamos realistas. Se temos um medo, um dia poderemos cuidar disso e não tê-lo mais...


Por que?
Porque nesse dia, vamos enfrentar nossos medos e vamos ver que não é nada demais. E vamos acabar gostando desse alguém ou acabar gostando dessa coisa com a qual sentimos medo!

Vamos fazer um combinado
Comece a enfrentar o seu medo! E eu prometo que enfrentarei o meu, vamos fazer uma parceria e seremos livres juntos.

Tiffany 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

1 Coríntios 13

Amor do Pai

Pra Você Guardei O Amor