Lápis-de-música




Sem música a vida seria um erro- Nietzsche



Nem sempre o mundo é bom com você, nem sempre você é justo com você, nem sempre a vontade chorar pode ser engolida, nem sempre a vontade de cantar e dançar é vencida.


Nem preciso mencionar o resto dos nossos desejos como seres humanos ou como adolescentes. Acho que você me entendeu.

Eu sempre penso que nasci em outra época, e quando encontro alguém que pensa o mesmo. Eu faço uma festa interna gigantesca!! Músicas são o principal, quando alguém gosta de clássica, pop, MPB... Ou até mesmo uma música Anos 80 que eu gosto. Nossa! Que festa legal que eu crio.

Acho que vocês já ouviram Take on Me- A-ha se não OUÇA!
Resultado de imagem para music imagens
Sem música a vida seria um erro- Nietzsche 
O ritmo e a letra é fantástica. Não posso nem comentar das músicas do Backstreet boys, né?
Ou que tal algo mais calmo? Um Bach, Vivaldi, Beethoven também é bom! Ou que tal uma mistura de música clássica e atual? Piano Guys!! Fantasticamente bom para todos os gostos, falo sério. Ou que tal ouviu um Tribalistas, Caetano Veloso ou um Skank??

Acho que você me entendeu já. As músicas criam sintonias dentro de nós.
Na minha opinião, as músicas são um dos desejos dos seres humanos que nós não conseguimos controlar de maneira nenhuma!!
Quando gostamos de alguma música, nós a baixamos e a ouvimos até enjoar! É doido.

E quando fechamos os olhos, podemos ver ou o clipe ou uma história subjetiva a cada um sobre aquela música...
Não é fantástico? Por exemplo, quando eu ouço Lord of The Ring- The Hobbit:

Eu imagino, uma floresta obscura, porém com o tocar suave da música ela melhora, fica clara. Mas quando a música obscurece novamente penso em tensão, quando o vilão quase derrota o herói. E o herói quase morre, mas volta de sua jornada para casa e repousa após sua grande e confusa aventura em paz... Ou seja, aventura. Essa me lembra aventura!

Agora ouço Over the Rainbow e Simple Gifts:

Eu imagino, uma praia no começo da manhã, quando a garota acorda e olha a janela com toda a esperança daquele dia ser bom. Ela sai de casa e começa a andar na areia da praia. E ela vê que algo se aproxima. Não sabe quem, mas aquilo a envolve e ela começa a dançar na água com alegria e ritmo. De repente se vê molha e dá risada. E ela percebe que o que a arrastou nas águas era o vento. E ela sorri com a terra e o sol que se fazem presentes.

Notou? Essa me dá bem-estar. Mas em você pode dar outra coisa, certo?

Agora por fim ouço Me and My Cello: 

Imagino um barco pirata a trabalhar, eles avistam uma ilha cheia de alegria e ali descem e desembarcam. Encontram ouro e tudo mais o que precisavam. Porém, eles descobrem algo novo. Curiosidade! O que será? Uma gruta, na gruta há alguma coisa? Não sabem, não ousam encostar em nada. E ali dormem naquela noite e tudo se acaba...

Faça, essa dinâmica depois, e entenderá melhor ainda.
As vezes, ao ouvirmos alguma coisa não conseguimos nos conter e dançamos um pouco enquanto fazemos o que estamos fazendo. Ou desenhamos, escrever ou cantamos. Já reparou? Para mim isso é inato do ser humano, ele nasce assim e morre assim.

Se você me entende, obrigada. Uma festa se faz dentro de mim.
Mas que tal procurarmos dividir essa festa com os outros? Que tal deixarmos os outros felizes com nossas músicas, nossos ritmos ou nossas criações?? Que tal?
O mundo talvez seria mais feliz... Ele é muito cinza hoje sabe? Talvez o lápis-de-cor que ele precisa é a música que você ouve ou o instrumento que você toca...

E ai? O que fará com tudo isso? Usará os lápis hoje ou amanhã?

Tiffany



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

1 Coríntios 13

Amor do Pai

Universos que criamos.