Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2016

Temporada de Poemas

Bem, eu estava pensando no que colocar aqui sempre que der. E resolvi colocar alguns poemas que eu escrevo para reflexão geral e por divertimento. 
Peço que reflitam sobre o que o homem está fazendo com o oxigênio e como ele está destruindo o mundo com tanta poluição. 
Espero que gostem...


Temporada de Poemas

"Vento  Tiffany Guimarães Muller
Violento, Amante e Suave.
Venho aqui me machucando há tempos, Chuvas ácidas percorrem o meu corpo todo e machucam minhas palavras, Posso ser só a brisa, mas ainda consigo ser a salvação de muitos.
As vezes me canso de tão maltratada ser, Me canso e minha raiva sobe, Nestes dias fico violenta e comigo trago relâmpagos e enchentes. Continuo a pedir desculpas, mas não entendo o porquê de tanta raiva. 
Na Primavera muitos casais afortunados pedem minha ajuda,  Vejo muitos amassos e beijos calorosos.  Venho devagar e amante de tudo e de todos. Percebo que uno até dois rios inteiros. 
Em noites frescas e limpas eu me vejo feliz, Me vejo passando suave entre os cabelo…

Vivo e vivendo!!!

Imagem
" Cada um de nós é um indivíduo único, que só vive uma única vez." - Mundo de Sofia

Nos dias de hoje me deparo com correria a todos os lados, a todos os instantes e vejo todo tipo de zona nas ruas: brigas, conversas, carros, trânsito, moto. TUDO! Poucos param para ouvir ou para pensar no que se pode fazer para tudo mudar, poucos procuram ver o mundo sem estas máscaras que o cobrem e vivem de verdade.  Viver não é se arriscar, é aproveitar enquanto ainda vive. É encontrar o amor, é encontrar a música, é se divertir sem drogas ou bebidas. É ser feliz com alguém... Viver é um ato único, é quase um tiro no escuro... Se não fosse tão claro!! Por isso escrevo a vocês esta carta: 
Nos dias de hoje, aproveitar a vida está sendo muito difícil.   Vivemos presos! Metrópole, correria, metrópole. Sempre corremos, sempre estamos atrasados! Parece que o conto e a loucura de Alice no País das Maravilhas passou para os dias atuais, todos somos coelhos e todos estamos atrasados. São poucos os que pa…

Natureza e seu "poder"...

Imagem
Por que a natureza nos faz tanto bem? O que estamos fazendo com ela?
Pensemos na Antiguidade, o que os filósofos faziam? Eles se dispunham para a observação da natureza enquanto pensavam em questões filosóficas.
Dizem que o próprio Sócrates poderia passar horas em um jardim mergulhado em seus devaneios. E Isaac Newton, então, que, ao acordar com uma maçã na sua cabeça, pensou na gravidade. Ou Platão, que construiu uma academia de matemática para discutir questões como "o mundo dos sentidos"! Aristóteles que pensou em toda a divisão do reino animal e vegetal, nos seres viventes e não viventes, e em sua filosofia formou a famosa divisão entre os seres. Podemos até pensar em Demócrito e suas teorias. Mas hoje, passados anos e anos daquela época, fazemos o mesmo proveito da natureza? Temos utilizado-a para coisas boas?
"De volta a natureza!" - Jean-Jacques Rosseau

Não me contento mais com o pouco que a grande metrópole me oferece, existe tanto que posso ter e não aproveito. …

Infância roubada

Imagem
                                                                                                          Últimas vezes...

Relaxar é maravilhoso! Sentar no chão, ver os outros se divertirem, ouvir uma música e deixar o nosso ser fluir. Como é maravilhoso!!!! Após uma semana agitada de trabalho, cuidando de crianças, de tarefas, estudos lotados e livros pela metade para ler. Sentar no chão e ouvir uma musiquinha é o que a melhor coisa, não? Ver como ainda existe humanidade nas pessoas... O ponto, deste enredo feito por improviso: humanidade. Olho a minha volta e nem sempre vejo humanidade a minha volta. Mas sentada no chão hoje, sexta-feira, vejo um pouco de esperança ainda. Adolescentes brincam com crianças, brincam de amarelinha, corda, futebol, ping-pong. Que feliz memória a guardar... Um dia seremos todos grandes, adultos que correm para lá e para cá e veremos o passado e daremos um sorriso. Mesmo não tendo sujado os pés com lama, mesmo não tendo feito guerra de mamona, mesmo não te…