Pra Você Guardei O Amor


Ela sorriu, e riu ainda mais por saber que estava sorrindo... Como as coisas mudam em poucos meses, como as coisas mudam quando a pessoa certa entra na sua vida e fica nela. 
Mesmo estando apenas no canto de um biblioteca escrevendo devaneios estranhos com seus pulsos magros, ela sentia uma alegria ao ouvir sua música nos fones e queria pular de alegria por saber que aquela música combinava com ela. 
Um garoto tão singular como aquele "amigo" do Paul McCartiney era uma coisa rara de se encontrar, principalmente sabendo que ele gostava dela de verdade; sabia que ia sorrir para todo o sempre. 

Resultado de imagem para amorEncontrar alguém com o coração dele era tão estranho, vivera a vida toda achando que aquelas pessoas só existiam em seus sonhos e lá estava uma delas; saída dos seus maiores sonhos. Seus sonhos eram tantos que mal cabiam em seu enorme coração, ela mal podia acreditar que conseguira entrar ali e consertar toda a bagunça que a dona daquele rosto pálido fizera. 
Ela estava chocada por ter consertado cada peça daquele coração e ele ter dado-o de presente à ela, como era possível...?

Ele chegara de fininho dentro dela, em momentos de medo e de dor ele estivera ali para segurar seus ombros enquanto ela caia da montanha mais uma vez; enquanto ela desejava ter um motivo para viver, ele tentava fazer com que ela o enxergasse. 

Conseguiram terminar a conversa sobre o Luck Skywalker e Darth Vader, chegaram a conclusão que o melhor mesmo era a Princesa Leia; riram quando uma garçonete arregalou os olhos ao concluir que eles preferiam o R2D2 ao Chewbacca...
Eram loucos juntos, uma mistura perfeita de Alice e Chapeleiro, de Ziggy Stardust e o Gato do Japão, de Rosa e Pequeno Príncipe, de Dory e Merlin, de Romeu e Julieta, de uma figura perfeita. 
Eles eram mais juntos, nada era levado a sério quando resolviam brincar com a teoria de tudo, mas também nada os fazia rir quando discutiam geopolítica ou filosofia. 

Não tinha como negar que desde sempre a menina do "Hey Jude" havia guardado todo seu amor para o garoto "Paperback Writter", não haviam dúvidas que ambos eram da "Banda do Clube dos Corações Solitários do Sargente Peppers" e que eles vivam num submarino amarelo. 
Eles andavam nas ruas que ainda não tem nome, no cemitério da Eleanor e no universo paralelo do leão marinho sem a menor dificuldade, eles haviam achado o que procuravam. 

Sabiam que sempre iam conseguir se comunicar, nem que tivessem à mil quilômetros de distância num Universo diferente, eles iriam se puxar para fora das cartas assim que vissem as estrelas no céu. 
Ele havia ensinado a ele como se libertar de si mesma, ele havia mostrado à ela como era bom viver a vida e como era sensacional ter amigos; as pessoas se aproximavam para poderem discutir sobre tudo e ela tinha sempre um argumento na manga. 

Ele havia mudado a vida, e ela sabia que tudo havia mudado por causa dele... Podia cantar alegremente que pertencia a ele porque ele pertencia a ela; podia cantar para seu coração parar de chorar e fazê-lo obedecer quando pensasse que ela era a salvadora dele. Podia pegar de volta o tempo que eles haviam perdido para viverem apenas como humanos. 

Há tempos havia dito que iria sangrar, quebrar e machucar a si mesma como humana e agora poderia dizer que iria sorrir, dançar e amar como todo humano deveria... todos deveriam ter aquela chance. 
Ela sabia que era ridículo se comparar com o Nando Reis, mas podia dizer que para o garoto de sonhos maiores que o coração que ela havia guardado o amor que nunca soube dar valor...

Imagem relacionadaPodia dizer que ele havia passado o seu brilho no olhar para ela assim que sorriu e que havia conquistado seu coração... o mar e o deserto agora tinham outro significado para ela. 

Agora ela sabia que se o seu coração batesse forte e ardesse no fogo, se o gelo queimasse porque ela estava apaixonada pelo garoto que havia consertado seu coração, que havia colocado luzes em sua casa e que havia aberto o seu Universo para ela. 

Sim, ela estava apaixonada... e que mal havia nisso?

Tiffany 



Notas: O resto desta série está marcada aqui no Mundo Aleatório caso queira dar uma olhada, eu agradeceria de coração. 
As músicas usadas nos títulos foram:
- Pra Você Guardei O Amor- Nando Reis
- Steal My Girl - One Direction
- Tempo Perdido- Legião Urbana
- What Can I Do? - Day6
- Human- Christina Perri
- Stop Crying Your Heart Out - Oasis

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

1 Coríntios 13

Amor do Pai